sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Hoje nasceu...



15 de Agosto de 1938

Fiama Hasse Pais Brandão

Poetisa portuguesa




Artigos relacionados:
Biografia
Poemas: “Amor é o olhar total, que nunca pode...” ; “Sei que o cérebro o coração e o ventre...” ; “Epístola para Dédalo”
Outros artigos: Morreu Fiama Hasse Pais Brandão ; Novidades da Labririnto

2 comentários:

Menina_marota disse...

"Era em Florença, num verão sem usura.
A cidade, que nós víamos de San Miniato,
desfazia-se em luz.
Nos labirintos do Jardim Boboli,
tu e um melro rente à relva
cantavam um para o outro.
Não sei qual das vozes era mais pura,
se a do fio de água que subia
no canto do melro, ou mais frágil
e rente ao chão, a tua."
(Poema "Em Florença, com a Fiama(1986)de Eugénio de Andrade in Os Sulcos da Sede, Editora Fundação Eugénio de Andrade, pág. 33)

que aqui te deixo com um abraço carinhoso ;)

Luís Graça disse...

Em Julho de 1995 estive algumas horas de férias em Florença. E passei durante 30 minutos pelos jardins Boboli.
Uma sensação de serenidade invadiu-me. Um castanho abrasador a invadir-me o olhar.
O Eugénio era mesmo homem de captar todos os pequenos pormenores.