sábado, 2 de fevereiro de 2008

Poema de Manuel Alegre representa Portugal no X Printemps des Poètes

O "Printemps des Poètes" é um festival cultural que se realiza anualmente em Lyon, e este ano é subordinado ao tema «Elogio do outro, encruzilhadas, cruzamentos, mestiçagens».
O Printemps des Poètes (Primavera dos Poetas) vai já no 10.º ano de realização, com o objectivo de reforçar a presença dos poetas e das suas obras entre o público e facilitar a todos o acesso à poesia.
Durante 15 dias, são milhares de pessoas que reencontram a poesia e os poetas em França, com a representação de 60 países.
Para representar Portugal, a organização do festival escolheu este ano o "Poema com h Pequeno" de Manuel Alegre (poema do livro "O Canto e as Armas", de 1967) que o considerou «uma bela homenagem ao homem na sua diversidade». O poema será traduzido nas diversas línguas participantes no evento, incluindo o árabe e o crioulo de Guiana.
Em 2006, Portugal foi representado por Fernando Pessoa e em 2007, por Eugénio de Andrade.
O festival, que se realizará entre 3 e 16 de Março de 2008, contará com a participação da Alliance Française e dos Institutos Camões, Goethe, Cervantes, Italiano e outros.


POEMA COM h PEQUENO

Cantarei o homem criador crucificado
em suas máquinas. Caçador caçado
por suas armas. Tocador tocado
por suas harpas.
Cantarei o homem vezes homem até ao infinito.
Cantarei o homem: esse mortal-imortal
meu amigo-inimigo. Meu irmão.

Cantarei o homem que transforma tudo
e tão dificilmente se transforma.
Ele que se escreve com h pequeno
em todas as coisas que são grandes.

Cantarei o homem no plural.
Ele que é tão singular
tão impossível de ser outro
senão ele próprio: o homem.

Cantarei o homem vezes homem até à massa.
Cantarei a massa vezes massa até ao homem.
Porque não sei de outra guerra. Não sei de outra paz.
Não sei de outro poema que não seja o homem.

Manuel Alegre

1 comentário:

Luís Graça disse...

Festival de poesia que dura uma quinzena? É uma Primavera em cheio.