sábado, 8 de janeiro de 2011

Maria do Sameiro Barroso publicada no Brasil

Foi recentemente editado no Brasil, pela Escrituras Editora (São Paulo), o livro "Poemas da noite incompleta" de Maria do Sameiro Barroso, numa colecção criada por António Osório e Carlos Nejar.
O livro tem ilustrações de António Hélio Cabral e o prólogo é de Floriano Martins.






Tacteando ilusões

O crânio incendeia-se nas intumescências da noite.
É tarde, eu sei,
mas ainda há tempo para escrever a língua
cega dos pensamentos que galopam.
Sobre espectros de água, abrem-se
os esfincteres negros
às visões arrebatadas no miolo das têmporas.

Em que pensas, neste momento, em que tacteias
as veias sedentas e os barcos se alinham,
como sentimentos parados no cais?

No fulgor da vigília, o crânio incendeia-se,
apaga-se, o avesso dos muros ecoa,
no silêncio dos poros sombreados
onde bebes a sede da imensidão.

Com vestes de ouro, herdando enigmas,
acumulados no céu, oscilas,
entre as hidras nocturnas,
que plantas entre o mel, as liras
e os moinhos de seda,
onde jaz, exausta, a concreção atordoada

dos mortos animais.

1 comentário:

O cozinheiro solitário disse...

Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes posts bem feitos, quase que desenhados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. O meu dilema agora é cozinhar… A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
Cumprimentos a todos!

http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/