sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Um livro de poesia a cada dia...
nem sabe o bem que lhe fazia


Sophia de Mello Breyner Andresen
Obra Poética I
Editorial Caminho, 2001







Abril


Vinhas descendo ao longo das estradas,
Mais leve do que a dança
Como seguindo o sonho que balança
Através das ramagens inspiradas.

E o jardim tremeu,
Pálido de esperança.

1 comentário:

lupussignatus disse...

bendita

claridade




*obrigado
pela
partilha*