sábado, 18 de julho de 2009

Novidades 4Águas

Os Nossos Dias
Autor: Miguel Godinho
Nº Págs.: 80








É este o grito na demência da tarde
a vida num punhal cravado na folha inocente
descrevendo emoções repletas de sonhos perdidos
o silêncio por debaixo das frases atravessadas
de memórias inundadas de esterco
e o olhar perdido ao canto da sala
desenhando a inércia
faz tanto tempo que não consigo
sentir a magia das coisas simples
às vezes parece que alguém que não eu
instituiu uma nova verdade para o olhar
separando-me do que realmente importa


1 comentário:

Márcio Kindermann disse...

Bom ter vindo aqui, voltarei!
abç