quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Poesia de João Negreiros premiada

A poesia de João Negreiros foi recentemente galardoada, em São Paulo, com o Prémio Professora Therezinha Dutra Megale pelo poema "os olhos".
Em Portugal, João Negreiros foi também premiado por um conjunto de seis poemas, no Prémio Irene Lisboa. Este concurso, organizado pela primeira vez pelo Município de Arruda dos Vinhos, destina-se a galardoar trabalhos originais de reconhecida qualidade, nas áreas de prosa e poesia.
O poeta e actor João Negreiros tem já dois livros de poesia: o cheiro da sombra das flores (2007) e luto lento (2008), ambos editados pela Papiro Editora.


os olhos

se um gesto me definisse seria o de te afastar o cabelo para te ver melhor o rosto que me enche de bravura
e só te vejo pelos meus olhos por serem os que te vêem mais bela
por isso os escolho sempre
tenho os olhos feitos à medida da tua cara
e só tenho olhos para ti
quando não estás sou invisível e quase invisual
a visão não me serve de nada
vejo mas sem cor e é pior que a preto e branco
é desfocado
é esbatido
e sem chama
e sem cheiro
contigo cheira bem
sabe bem
ouve bem o que digo porque é sincero porque se não fosse todo eu era falso
cada falso que há aí merecia cadeia ou morte
mas com os teus braços finos a fazer as vezes da corda que me serpenteia o pescoço para me matar de felicidade
e só te quero a ti
e só te vejo a ti como a última noite do Verão mais quente
com o céu mais estrelado
com a lua mais cúmplice
com os gestos mais carinhosos
e tiro-te o cabelo da frente com a ajuda da minha mão direita que só existe para isso
e vou para te beijar mas não o faço
hesito porque os meus olhos pediram-me que os deixasse olhar para ti mais uma vez
e eu deixo para eles não chorarem muito

in “a verdade dói e pode estar errada”

3 comentários:

Menina_marota disse...

Mais uma excelente escolha neste blogue que é de uma utilidade pública fantástica!

Parabéns pelo trabalho de escolha, selecção e organização de "Os dias de Amor" que aguardo com ansiedade.

Um abraço carinhoso e muito exito no lançamento ;))

tecas disse...

Parabéns pela magnifica escolha.
" só tenho olhos para ti" " com o céu mais estrelado". Belo, belissimo. Parabéns querida Inês Ramos.
Muitas felicidades e sucesso.
Um abraço amigo:)

carambasproblog disse...

Bela escolha. Eu procurava este poema que agora é "meu". (E que belo blog!)