quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Adalberto Alves premiado pela UNESCO

O escritor e poeta Adalberto Alves foi distinguido com o prémio Sharjah 2008 para a cultura árabe, atribuído pela UNESCO, juntamente com o professor egípcio Gaber Asfour.
O prémio Sharjah 2008, no valor de cerca de 22 mil euros para cada vencedor, foi criado em 1998 com fundos oferecidos pelo Emirado de Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos e será entregue a Adalberto Alves e a Gaber Asfour, na sede da UNESCO, numa cerimónia que se relizará a 17 de Novembro.
Com este prémio, Adalberto Alves vê assim reconhecida a sua contribuição para a difusão, promoção, preservação e revitalização da cultura árabe no mundo.

Adalberto Alves é advogado, escritor, poeta, tradutor, ensaísta e grande estudioso da cultura árabe.
É presidente do Centro de Estudos Luso-Árabes de Silves e membro do PEN Clube Português e da Associação Portuguesa de Escritores.
O seu interesse pela cultura muçulmana levou-o a estudar Língua Árabe na Universidade Nova de Lisboa, curiosidade que se alargou à História e Cultura Árabico-Islâmicas. Neste âmbito está ligado a várias instituições, das quais se podem destacar a Fundação da Memória Árabe, o Centro Português de Estudos Islâmicos ou a Academia de Altos Estudos Ibero-Árabes.
Entre os seus variadíssimos livros de poesia, contos e ensaios, destaque para “O Meu Coração é Árabe”, “Arabesco - da Música Árabe e da Música Portuguesa”, "Al-Mu'tamid Poeta do Destino”, “Ibn'Ammâr Al-Andalusî — O drama de um poeta” e "No Vértice da Noite".
Ver notícia completa, aqui.

1 comentário:

Porfirio Silva disse...

Desculpe a intromissão. Quer ver Monstros Antigos ?