segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Poetisa Joana Serrado venceu prémio na Holanda

Joana Serrado, uma poetisa portuguesa que está desde 2005 na Holanda a fazer um doutoramento, venceu o Prémio Hendrik de Vries — do município holandês de Groningen, no valor de 6.000 euros —, com o projecto poético bilingue (português/neerlandês) «Emparedada/ Uit de Muur».
O seu primeiro livro, «O Tratado de Botânica» foi editado pela Quasi, ganhou uma menção honrosa no Prémio Daniel Faria (2006), instituído pela Câmara Municipal de Penafiel e está a ser traduzido para neerlandês.
Joana Serrado, especialista em mística feminina medieval, licenciou-se em Filosofia pela Universidade de Coimbra, onde trabalhou como assistente de investigação sobre escolástica conimbricense.

2 comentários:

Anónimo disse...

Merecido prémio e àrduo trabalho que vai ser o dela!
Cordialmente
Ps.Nós esperamos
jdrm

tratado de botânica disse...

Obrigada pela mensagem Inês, e pelo apoio, jdrm. Fico muito feliz.

A Emparedada já está feita, o Uit de Muur é que custa um bocado mais a sair da parede (uit de muur - da parede). Sao poemas a partir do neerlandes, mas do meu neerlandes, que é um bocado especial. Claro que o meu tradutor tem um papel fulcral nisto, pois traduz e corrige os poemas...

Mas digo-vos, é uma alegria escrever noutra língua. Já nâo sou a tristonha de óculos que está aí na fotografia!