quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Prémio Ramos Rosa para Nuno Júdice




O poeta Nuno Júdice, venceu o Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa, pelo livro «As coisas mais simples», editado no ano passado pela D. Quixote.
O prémio, com o valor de 5000 euros, será entregue sexta-feira na Biblioteca Municipal António Ramos Rosa, em Faro, durante um recital integrado em “Faro, Capital dos Poetas e da Poesia”, a decorrer até domingo.
Nuno Júdice é professor catedrático de Literatura Portuguesa e tem vários livros publicados.
Já recebeu vários prémios, como o D. Dinis (da Casa de Mateus) Bordalo (da Casa da Imprensa), o do Pen Clube e o Fernando Namora, em 2005, pelo livro “Um anjo da tempestade”.
No próximo ano, Nuno Júdice promete editar um novo livro de poesia em que está a trabalhar.
Após um interregno de seis anos, a Câmara de Faro decidiu relançar este ano o Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa, com o objectivo de premiar um livro em português, de autor português, publicado integralmente em primeira edição em 2006.
Este prémio já foi entregue, em 1999, a Fernando Echevarria e, em 2001, integrada no Festival de Poesia Internacional de Faro, a Fernando Guimarães.

2 comentários:

Luís Graça disse...

Parabéns ao Nuno, um cultor da língua portuguesa.

firmina12 disse...

está muito bem entregue, este prémio