quarta-feira, 8 de Agosto de 2007

Morreu o poeta cabo-verdiano João Manuel Varela



O poeta e escritor cabo-verdiano João Manuel Varela faleceu ontem na Cidade do Mindelo (Ilha de S. Vicente), aos 70 anos.
Natural de S. Vicente, João Varela licenciou-se em Medicina pelas universidades de Coimbra e Lisboa, tendo-se doutorado pela Universidade de Antuérpia, onde desenvolveu as suas investigações no domínio da neuropatologia e neurobiologia.
Além de médico e cientista, João Varela era poeta, contista, romancista e ensaísta. U
sava como pseudónimos João Vário e Timóteo Tio Tiofe (poesia) e G. T. Didial (ficção e ensaios).
A sua obra, sobretudo a poética, é uma das mais complexas e ricas de Cabo Verde. Varela publicou em 1975 aquele que é considerado um dos marcos da poesia cabo-verdiana pós-Claridade: “O primeiro livro de Notcha”, tendo-se seguido, em 2001, “O segundo livro de Notcha”.

Sem comentários: